quarta-feira, 27 de abril de 2011

Vais reagir?

    E se eu um dia te disser que deixaste de ser importante? E se um dia eu te faltar? E se um dia eu deixar de falar contigo? E se um dia me apetecer dizer-te tudo o que penso e tudo o que sinto em relação a ti?
Muito provavelmente não irá fazer-te nenhuma diferença, talvez até agradeças. Mas se... quando isso acontecer perceberes que afinal precisas de mim, O QUE VAIS FAZER? Vais falar comigo e admitir realmente isso? Vais admitir que te faço falta? Vens correr atrás de mim e dizer que sou um dos ingredientes da tua receita para a felicidade?
    NO ENTANTO, sei que podes fugir, seguir em frente, sem olhares para trás e fazer de conta que eu nunca existi!

 
(É isto que eu NÃO QUERO que faças!)

     Qual será a tua atitude? Sei que só saberei se fizer tudo isto, mas tenho medo. Tenho medo de te perder. Prefiro ter-te perto de mim, embora ausente. Prefiro sentir a tua presença. Prefiro aproveitar mais um pouco de tempo para estares aqui, porque quando eu tiver coragem e determinação e me decidir em dizer-te isto, tu podes abandonar-me. Prefiro alimentar mais tempo esta falsa felicidade e depois, quando ela estiver crescida, vou deixá-la partir, se tu assim quiseres, embora vá ser mais difícil (mais uma vez, estou à tua mercê, se soubesses o quanto odeio e adoro isso...).
    Vou encontrar as certezas de que preciso, depois vou manuseá-las a meu favor, e, por fim, quando estiverem prontas e bem consolidadas, vou tomar uma decisão.

3 comentários:

SOFIA disse...

obrigada (L)

Ana Luísa disse...

de nada

Siva & Che disse...

foge.. sabes que até ando nesta fase.. as coisas que aguentamos quando gostamos de alguem.. e eles não se apercebem do que podem perder...