quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Nunca nada é para sempre



Por vezes, apetece mesmo desistir de tudo, baixar os braços, a força para lutar esgota-se. Parece que iremos falhar a qualquer coisa que façamos, parece que de cada vez que respiramos algo vai embora. Em pouco tempo de vida, já tenho o coração com mais cicatrizes do que muitas pessoas com mais do dobro da minha idade. Ninguém faz ideia do que sofri e do que penei para curar todas as feridas. Não tenho vergonha de dizer que chorei muitas vezes, já houve momentos em que tinha vontade de desistir de viver. Os desgostos de amor são difíceis de superar, mas pior que isso é superar a perda de alguém. Existe um monte de perguntas a rondar-nos, principalmente o porquê de tudo aquilo acontecer. Todas estas feridas, fizeram com que me tornasse mais forte e, simultaneamente, mais frágil. Consegui ultrapassar situações que jamais pensei vir a enfrentar, que nunca pensei que pudessem tornar-se reais, nem sequer sabia que existiam. Mas depois de tudo, o coração fica marcado, e percebe muito bem o que os outros sentem quando se deparam com situações semelhantes. Ficamos a ter a noção da dor que sentem e fazemos de tudo para a tentar apaziguar, porque é absolutamente horrível saber que o que quer que digamos não muda nada, nenhuma palavra é suficiente. A única coisa que se deseja é voltar a ter esse alguém perto de nós, ao nosso lado, com vida.
Quase após um ano da tua partida, continuo com a mesma dor, mas ela está adormecida, mas como tudo o que adormece, tem períodos em que desperta e sim, aí custa de verdade. Todo o tipo de memórias passam à frente dos meus olhos, quer sejam boas, ou más.
Sempre que olho para as estrelas, sinto uma paz interior que nunca antes tivera ao fazê-lo. É como se tu fosses uma delas, eu amo-te e isso não vai mudar.

7 comentários:

Débora disse...

tu também querida :)
mandei pedido de amizade para o facebook, sou a Débora Fernandes *

Annie disse...

Sê forte, nunca desistas!

showyoumylove disse...

estou a seguir também (:

Sarafaela disse...

Nunca desistas, sei que estas palavras milhares de pessoas te disseram e que talvez não façam diferença nenhuma, mas se isso te tras tranquilidade, olha para as estrelas, e pensa que essa pessoa terá bastante orgulho em ti e no que tornas-te :$

● mariliaqueiroz ● disse...

de nd querida (:

filipa margato disse...

"Por vezes, apetece mesmo desistir de tudo, baixar os braços, a força para lutar esgota-se" por vezes apetece-me exactamente o mesmo :c

Sarafaela disse...

claro que sim !

acredita porque tenho a certeza que é verdade :)