sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Promessa




E quando pensas que as coisas parecem estar todas a desaparecer, que tudo o que prende o teu sorriso está a dissolver-se nas gotas da chuva de oportunidades dadas sem serem merecidas, quando o que mais queres é voltar atrás e mudar tudo, existe sempre uma vozinha interior que é como que um “mini eu” que diz: Acorda, vai à luta. Não desistas! Estás à espera de quê para voltares a ser o que eras?! Queres mesmo que as pessoas que não gostam de ti te vejam assim e fiquem exacerbadamente alegres?!
 Ao que respondes: Isso é difícil, sabes bem. Não há uma solução assim tão fácil, existem muitas saídas. Posso escolher a errada.
De repente, essa mesma figurinha, que habita o meu subconsciente e que eu acho que nunca irei compreender, grita mais alto que a sirene de um farol: Exatamente, tens muitas saídas. Escolhes a errada? Ainda tens todas as outras, voltas a atrás e fazes uma nova seleção. Não cries um paradoxo profundo onde ele simplesmente não existe, onde ele nunca existiu.
Instantaneamente, uma imaculada força caminhando de mão dada com a luz, percorreu cada centímetro quadrado do meu corpo e do meu espírito e fez-me perceber o que há muito via, mas não observava. Mais uma vez, a vozinha tinha razão. Realmente existem pessoas que seriam e são capazes de ficarem felizes com a minha tristeza. Não, não podem! Vocês, pessoinhas, micro-pessoas, aprendam a ser PESSOAS! Deixei de me importar com o que pensam e dizem, porque sei que isso não faz de mim pior, nem delas melhor, mas de mim melhor e delas pior… bem, isso já é outra história.
Obrigada mini Filipa, obrigada.
Sorriso, obrigada por ficares.
Amigos, obrigada por estarem comigo.
Desconhecidos, obrigada por manterem a minha ignorância.
Pessoinhas, obrigada por me tornarem ainda maior, mais gloriosa e mais vitoriosa do que sou.
Sou mais forte do que aparento, mais carinhosa do que o que digo, mas mais fria do que julgam que sou.
Felicidade, mantém-te. És sempre bem-vinda. E eu prometo, aqui e agora, ter sempre tempo, espaço e atenção para ti. Sorriso, acompanha-a, até ao meu último suspiro, até ao meu último pestanejar.

11 comentários:

beatrizpereira disse...

ah, não faz mal, espero que agora venhas mais vezes.

; Beatriz disse...

não faz mal linda, mas está tudo bem? :s

Sofia Moreira disse...

adorei :)

Susan disse...

nao faz mal princesa

Sara'C disse...

não faz mal, eu tmb tenho andado um bocado ausente do blog, princesa s:
ando a tentar vir aqui mais vezes.

Cristiana Lourenço disse...

não tem mal querida!

Carla disse...

Lindo.

Sofia ☮ disse...

estou a seguir :)

allmota disse...

ja somos duas xs

Filipa disse...

Com as aulas torna-se dificil passar no blog frequentemente mas não te preocupes (;

dianaV disse...

Não tens de pedir desculpa ! Eu também, deixa lá.